10 Maiores goleadores da história do Rubro Negro!

Os maiores goleadores do Rubro Negro

Mais de 120 anos se passaram desde a criação do Rubro Negro.

O clube ganhou reconhecimento mundial além de ser o clube mais popular do Brasil, com mais de 40 milhões de torcedores.

Entre as maiores conquistas do Mengão no futebol estão:
– 6 títulos do Campeonato Brasileiro
– 1 Libertadores da América
– 1 Copa Intercontinental (Mundial)
– 3 Títulos da Copa Do Brasil.

Mas vamos ao que interessa nesse artigo, vamos falar quem são os 10 maiores artilheiros da História do Mengão.

Não sei quando você nasceu, mas acredito que tenha visto pelo menos 1 desses monstros sagrados jogando, comenta lá embaixo quais você viu jogar.

10º Lugar: Índio (142 gols em 218 jogos)

rubro negro

Aluísio Francisco da Luz, o Índio foi um atacante que jogou pelo clube de 1949 à 1957.

Em 8 anos, o Índio marcou 142 gols em 218 jogos.

Títulos com a camisa do rubro negro:

Campeonato Carioca: 1953, 1954 e 1955

 

9º Lugar: Zizinho (146 gols em 329 jogos)

– Tomás Soares da Silva, o Zizinho foi um atacante que jogou pelo clube entre 1939 e 1950.
Marcou 146 gols em 329 jogos.

Títulos com a camisa do rubro negro:

Campeonato Carioca: 1942, 1943, 1944

 

8º Lugar: Bebeto (151 gols em 307 jogos)

José Roberto Gama de Oliveira, o Bebeto conseguiu ser ídolo nos rivais Vasco e Flamengo, sendo campeão brasileiro pelos 2 times.

Com a camisa Rubro-Negra Bebeto marcou 151 gols em 307 jogos.

Títulos com a camisa do rubro negro:

Foi campeão brasileiro e campeão carioca pelo Mengão.

 

7º Lugar: Leônidas (153 gols em 149 jogos)

Leônidas da Silva, o Diamante Negro é considerado um dos principais atacantes do futebol brasileiro na primeira parte do século XX.

Pelo Rubro-Negro atuou em 149 partidas e marcou 153 gols.

Ele tem a impressionante marca de 1,03 gols por partida com a camisa do Mengão.

Títulos com a camisa do rubro negro:

Campeão Carioca em 1939

 

6º Lugar: Jarbas (154 gols em 381 jogos)

Jarbas Baptista foi um “ponta” que jogou pelo clube nas décadas de 30 e 40, ao lado de Leônidas e Valido.
Com 154 gols em 381 jogos, Jarbas é o sexto maior artilheiro da história do Flamengo.

Títulos com a camisa do rubro negro:

Foi campeão carioca em 1939 formando a linha de ataque titular com Sá, Valido, Leônidas da Silva e Alfredo González. Participou também do elenco tricampeão carioca em 1942, 1943 e 1944.

Veja também: “Como múmias congeladas ajudaram Guerrero jogar o Mundial da Rússia”

 

5º Lugar: Romário (204 gols em 240 jogos)

Romário de Souza Faria, o Baixinho foi ídolo em 4 clubes do Rio de Janeiro, o Vasco, Flamengo, Fluminense e América — para realizar um sonho de seu pai que era torcedor fanático do clube.

Terceiro maior artilheiro da história da Seleção Brasileira, Romário assim como Pirillo marcou 204 gols pelo Rubro-Negro porém em 240 partidas.

Com média de 0,85 gols por jogo, o baixinho Romário é o grande artilheiro do Flamengo após a era Zico, com a camisa do Flamengo em 1995 foi o único jogador a ser considerado o melhor do mundo, atuando fora do continente europeu.

Títulos com a camisa do rubro negro:

Campeonato Carioca (1996 e 1999)

Copa Mercosul (1999)

 

4º Lugar: Pirillo (204 gols em 236 jogos)

Sylvio Pirillo foi um atacante que jogou pelo time carioca entre 1941 e 1947.

Em 6 anos com a camisa do clube, Pirillo marcou 204 gols em 236 jogos.

Com média de 0,86 gols por jogo, Pirilo teve a difícil missão de substituir Leonidas, não só tendo conseguido como também tendo marcado época e sendo ate hoje o maior artilheiro de uma edição do Campeonato Carioca com 39 gols, batendo justamente o record de Leonidas de 30 gols.

Títulos com a camisa do rubro negro:

Campeonato Carioca (1942, 1943, 1944 e 1946)

 

3º Lugar: Henrique (216 gols em 412 jogos)

Henrique Frade foi um centroavante que defendeu o clube entre 1954 e 1963, onde marcou 216 gols em 412 jogos para tornar-se o terceiro maior artilheiro da história do clube.

Com média de 0,52 gols por jogo, Henrique foi o grande ídolo da equipe no período entre 1954 e 1963 e sempre carregou o orgulho de ter sido revelado pelo pequeno Formiga Esporte Clube.

Títulos com a camisa do rubro negro:

Campeonato Carioca (1954, 1955 e 1963)

Torneio Rio São Paulo (1961)

 

2º Lugar: Dida (264 gols em 357 jogos)

Edvaldo Alves de Santa Rosa, o Dida foi outro meio-campista que fez sucesso.
Até a “Era Zico” Dida foi o maior artilheiro do Flamengo, marcando 264 gols em 357 jogos entre 1954 e 1965.

Com média de 0,74 gols por jogo, foi declaradamente o grande ídolo do galinho, a quem justamente entregou a sua amada camisa 10.

Títulos com a camisa do rubro negro:

Campeonato Carioca (1953, 1954, 1955 e 1963)

Torneio Rio São Paulo (1961)

 

1º Lugar: Zico (509 gols em 732 jogos)

 

 

Arthur Antunes Coimbra, o Zico é o maior artilheiro da história do Flamengo, e é considerado por muitos o melhor jogador brasileiro desde Pelé.

No Rubro-Negro Zico jogou 732 partidas e marcou 509 gols.

Com média de 0,69 gols por partida o craque marcou época com a camisa do clube, tendo participado do periodo de maiores glórias da equipe carioca, na década de 70 e 80, tendo sido campeão brasileiro, da Libertadores e Mundial.

O galinho é até hoje o maior artilheiro da historia do Maracanã com 333 gols marcados.

Títulos com a camisa do rubro negro:

Campeonato Carioca (1972, 1974, 1978, 1979, 1981 e 1986)

Taça Guanabara (1972, 1973, 1978, 1979, 1980, 1981, 1982, 1988 e 1989)

Taça Rio de Janeiro (1978, 1985 e 1986)

Campeonato Brasileiro (1980, 1982, 1983 e *Módulo Verde Copa União de 1987)

Taça Libertadores da América (1981)

Campeonato Mundial/Copa Intercontinental (1981)

Rating: 5.0/5. From 1 vote.
Please wait...

2 thoughts on “10 Maiores goleadores da história do Rubro Negro!”

Comentários